24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Saiba quais foram os bairros que mais venderam imóveis em Salvador no primeiro trimestre de 2024

As informações destacam as áreas mais desejadas para moradia, com o objetivo de oferecer insights valiosos para investidores e profissionais do mercado imobiliário

04/07/2024 às 10h00
Por: Redação Fonte: Alô Alô Bahia
Compartilhe:
Saiba quais foram os bairros que mais venderam imóveis em Salvador no primeiro trimestre de 2024

Piatã, Jaguaribe e Caminho das Árvores foram os três bairros com mais imóveis vendidos em Salvador no primeiro trimestre de 2024. Os dados foram coletados em maio pela BRAIN Inteligência Estratégica, em pesquisa contratada pela Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), e os resultados publicados nesta segunda-feira (1º), através das redes sociais.

As informações destacam as áreas mais desejadas para moradia, com o objetivo de oferecer insights valiosos para investidores e profissionais do mercado imobiliário.

Segundo balanço apresentado pela instituição, 36% dos imóveis forma vendidos com valores de R$ 350 mil a R$ 700 mil; 6,5% com valores de R$ 700 mil a R$ 1 milhão; 5% a partir de R$ 1 milhão. Além disso, 30% das residências adquiridas foram pelo programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida.

A capital baiana teve queda acima da média nacional em números de lançamentos (-54%) e VGV (-52%). O número de unidades lancadas no período foi de 1.576 unidades.


De acordo com o analista e CEO da Brain, Fábio Araújo, “uma coisa positiva é que a queda tinha sido maior em janeiro, foi menor em fevereiro, e ainda menor em março. A prévia de dados de abril e maio mostram que, no segundo semestre, os números devem melhorar bastante em lançamentos, em relação ao que foi o primeiro trimestre”.

O presidente da ADEMI-BA, Cláudio Cunha, ressaltou a força do mercado imobiliário para o equilíbrio social e econômico. “O nosso setor vem demonstrando cada vez mais solidez, ética e profissionalismo, e isso nos coloca na frente de qualquer obstáculo. O mercado imobiliário em desenvolvimento representa também o desenvolvimento do emprego, da renda e da economia. Temos boas perspectivas para os próximos meses”.

Em abril deste ano, a Ademi-BA apresentou uma pesquisa em que mostrou que a capital baiana registrou, em fevereiro de 2024, um crescimento de 4,3% no valor geral de vendas (VGV) em comparação ao mesmo período de 2023. O montante foi de R$ 169 milhões.

Esses dados refletem um comportamento que Salvador vem vivenciando: a venda de empreendimentos com valores maiores, que se confirma com os lançamentos das unidades padrão luxo em janeiro e fevereiro de 2024, que totalizaram 11,1% das unidades lançadas.

https://www.instagram.com/p/C85Zq6yptx3/?utm_source=ig_embed&ig_rid=7848c6fb-d193-4ac8-94ae-c3eb97afd588&img_index=4 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias