24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Demanda por imóveis de alto padrão deve crescer ainda mais no segundo semestre, apontam especialistas do mercado imobiliário

Tendência é confirmada pelo residencial com torre mais alta da capital baiana, que já está com 100% das unidades vendidas

28/06/2024 às 07h00
Por: Redação
Compartilhe:
Demanda por imóveis de alto padrão deve crescer ainda mais no segundo semestre, apontam especialistas do mercado imobiliário

Dados de uma pesquisa contratada pela Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (ADEMI-BA) divulgados recentemente mostram uma tendência de crescimento na procura de imóveis considerados de alto padrão em Salvador. O baixíssimo estoque de unidades disponíveis nesta categoria, que é caracterizada por empreendimentos inovadores graças à adoção das mais modernas tecnologias disponíveis, sinaliza que há uma demanda crescente por imóveis desse porte e que os novos lançamentos tendem a ser rapidamente comercializados, avalia Daniel Sampaio, superintendente da OR na Bahia e conselheiro da ADEMI-BA.

 

Esta tendência de aquecimento na categoria de residenciais de alto padrão na capital baiana pode ser comprovada com o Legacy, empreendimento da OR que está sendo construído no Caminho das Árvores e que, mesmo com previsão de entrega para 2027, já tem 100% de suas unidades vendidas. “Este sucesso comercial também confirma o compromisso da OR com Salvador e seus clientes, trazendo um produto inovador em diversos aspectos”, destaca Daniel Sampaio.

 

Com quatro suítes de alto luxo, o Legacy representa um importante marco de desenvolvimento e valorização do Caminho das Árvores, destacando-se também pela torre mais alta de Salvador, com 54 pavimentos, que poderá ser vista de todos os ângulos em diversos pontos da cidade. Concebido para unir diversos atributos, o Legacy traz para Salvador um empreendimento moderno, com carregamento para carros e bicicletas elétricas, droneport, espaço delivery, apartamentos prontos para automação e placas solares. Também para agregar maior praticidade para seus futuros moradores, conta com duas entradas independentes e exclusivas de carro e pedestres, através do Loteamento Aquarius, na rua Clara Nunes, e pela Alameda das Catabas, no Caminho das Árvores. O residencial também chama atenção por estar localizado ao lado dos principais pontos de educação, comércio e saúde de Salvador.

 

Para Daniel Sampaio, o empreendimento está conectado com as questões ambientais, reforçando a importância de construções mais sustentáveis, adotando técnicas que permitem a economia de recursos como água, energia elétrica e produção de efluentes sanitários, desde a sua obra até a implantação. Uma das ações que merece destaque é a adoção de tecnologias para captação, tratamento e reuso de água, implantação de temporizadores de luz em LED em áreas comuns e utilização de energia solar. “Assim como o Monvert, projeto da empresa entregue no Horto Florestal, o Legacy é mais um produto da OR a ser candidato ao selo de IPTU Verde nível ouro de Salvador e pré-certificado com o selo EDGE de sustentabilidade”, afirma o executivo.

 

Todo o processo de construção deve gerar cerca de 1.200 empregos diretos e mais de 2.500 empregos indiretos referentes a materiais, logística e prestação de serviços. O acompanhamento da obra e as novidades sobre o empreendimento já estão disponíveis para os futuros moradores através de um aplicativo exclusivo que pode ser baixado através das lojas de aplicativos para Android e iOS.

 

O residencial Legacy (“legado” em português) é um projeto marcante para a OR, pois está sendo construído no terreno onde viveu a família Odebrecht. A escolha do bairro para a edificação do empreendimento tem uma conexão muito forte com a história do grupo Novonor, que foi o responsável pela criação do Caminho das Árvores na década de 1970. “O projeto é repleto de relações afetivas com a história da empresa e foi pensado justamente para ser um espaço em que as famílias possam criar memórias em cada fase da vida, num local em que passado, presente e futuro se encontram na concepção de um projeto único”, evidencia Daniel Sampaio.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias