24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Cresce intenção de compra de imóveis entre investidores brasileiros, mostra pesquisa

Aumento acontece pelo terceiro ano consecutivo

21/06/2024 às 15h00
Por: Redação Fonte: O Dia
Compartilhe:
Cresce intenção de compra de imóveis entre investidores brasileiros, mostra pesquisa

A busca pelo sonho da casa própria continua a crescer entre os brasileiros. De acordo com a 7ª edição do Raio X do Investidor Brasileiro, pesquisa realizada pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) em parceria com o Datafolha, a intenção de comprar um imóvel com os rendimentos das aplicações financeiras aumentou pelo terceiro ano consecutivo, atingindo 33% em 2023.

Diante desse cenário, o sistema de consórcios se destaca como uma alternativa viável para a compra programada de imóveis, oferecendo vantagens financeiras significativas e ganhando cada vez mais adeptos por sua eficiência. Segundo a associação do setor, a modalidade de compra para imóveis cresceu 22% em 2023.

O sistema de consórcios se diferencia dos financiamentos tradicionais ao oferecer uma modalidade de compra sem juros e com isenção de IOF, proporcionando uma economia considerável para os investidores. Além disso, o consórcio permite uma programação financeira eficiente, pois as parcelas são ajustadas conforme a capacidade de pagamento dos participantes, tornando a aquisição do imóvel um processo mais acessível e sem a necessidade de entrada inicial. Esta característica é especialmente atraente em um cenário econômico onde a estabilidade financeira é uma preocupação constante.

Segundo Luís Toscano, vice-presidente de Negócios da Embracon, "o sistema de consórcios oferece uma alternativa segura e econômica para aqueles que desejam adquirir um imóvel sem os altos custos associados aos financiamentos tradicionais. A flexibilidade e a ausência de juros tornam o consórcio uma opção cada vez mais popular entre os brasileiros que buscam planejar a compra da casa própria."

Além disso, uma parcela significativa dos consorciados de imóveis vem utilizando os saldos das contas do FGTS Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para diversas situações autorizadas para os trabalhadores consorciados há vários anos. Segundo a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), no acumulado de janeiro a março deste ano, foram liberados R$ 62,11 milhões para 888 consorciados trabalhadores participantes dos grupos atualmente em andamento do consórcio de imóveis.

Intenção de compra
A pesquisa Raio X do Investidor Brasileiro serve como um indicador das prioridades financeiras da população. De 29% em 2021 para 33% em 2023, o aumento na intenção de compra de imóveis reflete a busca por segurança e estabilidade. Esta é a sétima edição da pesquisa Raio X do Investidor Brasileiro, realizada pela ANBIMA em parceria com o Datafolha.

As entrevistas ocorreram entre 6 e 24 de novembro de 2023, com abordagem pessoal e aplicação de questionário estruturado em tablet com 20 minutos de duração média. Foram entrevistadas 5.814 pessoas das classes A/B, C e D/E, de 16 anos ou mais, nas cinco regiões do país. A margem de erro da pesquisa é de um ponto percentual, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Segundo Raphael Lopes, gerente financeiro da Embracon, o mês de junho de 2024 marca um IPCA de 3,96% e a Taxa Selic de 10,50%. Com base nestes indicadores, abre-se uma oportunidade estratégica para a gestão racional dos recursos familiares.

"A pandemia resultou em uma reorganização abrupta de valores, destacando a importância da segurança familiar no comportamento das famílias. Ter uma moradia própria tornou-se uma prioridade, e o consórcio imobiliário, com suas vantagens como planejamento de compra e o uso do FGTS, tornou-se uma escolha popular entre as gerações millennials, Z e X. O consórcio imobiliário está ganhando força, refletindo uma mudança onde a educação financeira e o planejamento já não são mais vistos como tabus, aproximando cada vez mais as famílias da realização de um grande sonho", conta o economista e mestre em Educação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias