24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Como o uso da tecnologia e Inteligência Artificial têm impulsionado o setor de incorporação imobiliária

Um exemplo prático do uso dessas tecnologias na incorporação imobiliária é a aplicação de algoritmos para análise de dados de mercado

13/06/2024 às 08h00
Por: Redação Fonte: Abrainc
Compartilhe:
 IBRESP
IBRESP

No novo editorial da série ABRAINC Explica, serão abordados os avanços significativos alcançados através da aplicação da inteligência artificial (IA), inovação e tecnologia na incorporação imobiliária e no desenvolvimento de novos produtos no mercado imobiliário. A utilização desses elementos tem impulsionado a eficiência e a qualidade das construções.

 

Um exemplo prático do uso dessas tecnologias na incorporação imobiliária é a aplicação de algoritmos para análise de dados de mercado. Esses algoritmos podem identificar tendências de demanda, preferências dos compradores e até mesmo prever o desempenho de um empreendimento antes mesmo de sua construção. Isso permite que os incorporadores ajustem seus projetos para melhor atender às necessidades do mercado, aumentando suas chances de sucesso.

 

Outro aspecto importante é a otimização dos processos construtivos. A tecnologia e a IA têm sido aplicadas no planejamento, projeto, gestão de recursos e logística, desenvolvimento de treinamentos, integração de sistemas e automatização de processos. Essa utilização resulta em maior eficiência e redução de custos para a indústria da construção.

 

Uma pesquisa da ABRAINC, em parceria com a Brain Inteligência Estratégica, revela que 19% das empresas do setor imobiliário já utilizam alguma ferramenta de IA. Dessas empresas, 71% avaliaram o impacto como positivo. Os resultados também mostram que 86% dos entrevistados acreditam que as ferramentas podem melhorar a eficiência e precisão das transações imobiliárias.

 

Um exemplo de uso da IA para aprimorar a jornada do cliente é a plataforma Apê Perfeito, da Tegra Incorporadora, que funciona como um “match” imobiliário. A partir de 15 perguntas feitas pela atendente virtual, são apurados os desejos e percepções do interessado no imóvel, oferecendo opções personalizadas.

 

Além disso, a tecnologia está sendo cada vez mais integrada ao próprio funcionamento dos edifícios, tornando-os mais inteligentes, sustentáveis e eficientes. Por exemplo, sistemas de automação residencial controlados por IA permitem que os moradores controlem dispositivos e ajustem o ambiente de acordo com suas preferências, enquanto sistemas de gestão de energia e água também ajudam a reduzir o consumo e os custos.

 

Segundo um estudo da McKinsey Global Institute (MGI), o uso de IA generativa pode agregar mais de US$ 180 bilhões ao ecossistema global de “real estate”.

 

Ao combinar os avanços da inteligência artificial, inovação e tecnologia na incorporação imobiliária com uma abordagem baseada em dados, é possível criar cidades mais sustentáveis, resilientes e habitáveis para as gerações futuras. A sinergia entre esses elementos está moldando o cenário urbano de maneira transformadora, pavimentando o caminho para um futuro mais inteligente e vibrante.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias