23°C 26°C
Salvador, BA
Publicidade

União entre Even e Faena movimenta projeto de R$ 3 bilhões no mercado imobiliário brasileiro

Com o empreendimento que será construído em terreno de quase 20mil m² e a 300 metros da Faria Lima, marcas querem transformar o jeito de morar com experiências inéditas no Brasil

11/06/2024 às 06h00
Por: Redação Fonte: Valor Econômico
Compartilhe:
União entre Even e Faena movimenta projeto de R$ 3 bilhões no mercado imobiliário brasileiro

Com um posicionamento cada vez mais sólido no mercado de alto padrão e empreendimentos concentrados nos bairros mais desejados da capital paulista, a Even Construtora e Incorporadora abriu recentemente as vendas do Faena São Paulo. “Estamos com muita procura e, ao conhecer o espaço, o visitante se surpreende com a dimensão do projeto e tudo o que ele oferece”, comenta o diretor de incorporação, João Paulo Laffront. O complexo, em parceria com o grupo Faena, reconhecido pela hotelaria de luxo, promete ser um ícone da cidade, ocupando um terreno de quase 20 mil metros quadrados a 300 metros da badalada Av. Faria Lima. Este é o maior lançamento da Even, com um VGV de mais de R$ 3 bilhões.

A união reforça a proposta da Even de transformar o jeito de morar, trabalhar e conviver das pessoas com projetos inovadores que remodelam o entorno. A marca Faena é referência mundial em lifestyle e se destaca pelo caráter transformacional, criando verdadeiros distritos de cultura, arte, lazer e gastronomia onde está presente.

O primeiro projeto, situado no bairro de Puerto Madero, na Argentina, foi concebido em uma época em que a região estava em plena decadência e abandono. Com a chegada do residencial e hotel da marca, a revitalização se fez de forma orgânica, atraindo moradores de alto poder aquisitivo e renovando o entorno. “Hoje é uma das áreas mais valorizadas no mercado imobiliário de Buenos Aires, mais belas e visitadas da Argentina”, avalia Laffront.

Em Miami a história não foi diferente. “A presença marcante da arte transformou o Faena District em um expoente da Art Basel, um dos mais importantes eventos de arte moderna do mundo na atualidade.”, aponta o executivo. E é este movimento de valorização que a parceria espera levar para São Paulo.

Estrutura completa
O Faena São Paulo chega com o propósito de oferecer um universo de experiências, unindo residencial, art center e hotel. “A dimensão do terreno permitiu a concepção de um clube no coração mais pulsante da capital paulista. A infraestrutura de lazer foi desenvolvida para quem busca um lifestyle que une conforto, sofisticação, qualidade de vida e dinamismo”, afirma Laffront.

O empreendimento terá um complexo esportivo com quatro quadras – sendo duas de tênis, uma de areia e uma de esportes –, área de lazer externo com piscina com raia de 25 metros, área recreativa, deck molhado e bar Faena. Os espaços wellness contarão com academias, piscina coberta com raia de 25 metros, saunas úmidas e seca e sala de massagem. Para as crianças, haverá playground e brinquedoteca integrados. Além disso, estão no projeto espaço para eventos e recepções com terraço integrado e cozinha industrial e um pub/library para encontros e pequenas recepções.

Os apartamentos com metragens que variam de 300 a 1000 metros quadrados terão à disposição serviços exclusivos e comodidade inédita no Brasil. Serão duas torres, totalizando 140 unidades residenciais, com valor do metro quadrado a partir de R$ 60 mil.

A área residencial terá acesso exclusivo aos projetos adjacentes. “O Art Center será um presente para a cidade. Um espaço autêntico, pensado para a cultura e entretenimento, em uma estrutura independente”, comenta o diretor. O espaço será dedicado à arte, exposições, eventos e espetáculos. O complexo ainda deverá contar com três restaurantes, com a previsão de pelo menos um deles levar a assinatura do renomado chef argentino especializado em churrasco, Francis Mallmann.

O hotel, com cerca de 100 unidades, oferecerá experiências exclusivas e os moradores terão um elevador que dará acesso direto às suas áreas de convivência e serviços.

Arquitetura icônica
Com a ambição de ser um ponto de referência na capital, a arquitetura foi planejada por um squad de peso. Os arquitetos internacionais Brandon Haw e Peter Mikic, e os nacionais Gui Mattos, Jonas Birger e João Armentano assinam os projetos. Para enaltecer o estilo moderno brasileiro, o empreendimento irá explorar estruturas em concreto, bem como madeira e pedras naturais.

Já o paisagismo tropical com conceito regenerativo ficou a cargo de Alex Hanazaki, inspirado nas curvas de Burle Marx e Oscar Niemeyer. “Parte do conceito foi criar um verdadeiro jardim suspenso em todas as varandas, que somados, terão quase 5 quilômetros”, explica o diretor de incorporação.

Minimalista e com layouts que valorizam a amplitude, o design de interiores será enriquecido com peças de renomados designers brasileiros, a exemplo de Sérgio Rodrigues, Jader Almeida, Sollos e Niemeyer. O apartamento decorado, o maior da cidade de São Paulo com 370 metros quadrados, traz essa atmosfera e pode ser visitado no local. As obras, que iniciarão em 2025, têm previsão de entrega para 2029.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias