23°C 26°C
Salvador, BA
Publicidade

Taxa de desocupação fica em 7,5% em abril, menor índice em 10 anos, aponta PNAD Contínua do IBGE

O rendimento real habitual (R$ 3.151) cresceu 0,8% no trimestre e 4,7% no ano

31/05/2024 às 08h00
Por: Redação Fonte: Redação ABRAINC, com informações do IBGE
Compartilhe:
 Rede Brasil Atual
Rede Brasil Atual

No trimestre de fevereiro a abril, a taxa de desocupação atingiu 7,5%, registrando o menor índice para esse período em uma década, segundo dados do IBGE, divulgados nesta quarta-feira (29/05). Houve uma variação pouco significativa em comparação com o trimestre anterior, de novembro a janeiro de 2024, quando a taxa fechou em 7,6%.

Em relação ao mesmo trimestre móvel de 2023, a taxa recuou 1,0 ponto percentual. A população ocupada (100,8 milhões) manteve-se estável em relação ao trimestre anterior. No ano, o aumento é de 2,8%, com mais 2,8 milhões de pessoas ocupadas.

O rendimento real habitual (R$ 3.151) cresceu 0,8% no trimestre e 4,7% no ano.

O setor da Construção fechou o trimestre com 7,4 milhões de trabalhadores ocupados, o que representa estabilidade na comparação com o trimestre anterior e crescimento de 4,1% no comparativo com o mesmo período do ano passado.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias