24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Entenda por quê o consumidor deve contratar apenas um corretor de imóveis ou imobiliária para vender seu imóvel

Chaer acrescenta ainda que, mesmo com o contrato de gestão comercial com exclusividade, o contratado pode fazer parcerias e ter outros profissionais e imobiliárias oferecendo o imóvel

22/05/2024 às 08h30
Por: Redação
Compartilhe:
Leandro-Chaer
Leandro-Chaer

Além de ser um dos mercados com maior destaque no País, Goiânia também é referência na prática da exclusividade de venda no mercado imobiliário. Segurança do imóvel, maior organização nas negociações e responsabilidade civil são algumas vantagens que o instrumento oferece

O setor imobiliário em Goiás se destaca com a notável ascensão nos últimos anos. Goiânia, por exemplo, ocupa a segunda colocação no ranking das capitais com maior valorização de imóveis, com incremento de 14,29% nos últimos doze meses. Segundo a pesquisa Fipezap, da Fipe, a capital goiana atingiu a segunda maior valorização do país no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano, com alta de 2,35% no preço médio dos imóveis à venda. 

Mas não é somente no valor dos imóveis que Goiânia se destaca. Basta andar pelas ruas da capital goiana para perceber uma característica. Diferente de outras cidades brasileiras, em que várias imobiliárias ou corretores de imóveis anunciam a venda de mesma sala comercial ou casa, e provoca uma verdadeira avalanche de placas com telefones para contato, Goiânia opta pela despoluição visual e garantia de realizar um negócio considerado mais seguro: a venda exclusiva.

Citada no artigo 726 do Código Civil brasileiro, a modalidade de exclusividade imobiliária consiste na escolha do proprietário em autorizar apenas um profissional do ramo ou uma imobiliária a intermediar a venda do seu imóvel.

Para o sócio-diretor do Grupo URBS, Leandro Chaer, a medida é positiva pois gera mais segurança para o vendedor e mais comprometimento do profissional/imobiliária na venda do imóvel. 

Sem a exclusividade, ele explica, o imóvel acaba ficando sem um responsável que irá fazer uma coordenação comercial para se atingir o objetivo de venda. “Muita gente sabendo do imóvel e pouca gente focando em uma estratégia sólida de venda. Além disso, o vendedor, tendo um representante, vai se responsabilizar por filtrar bons clientes, investir financeiramente para chegar ao resultado e ter responsabilidade por situações corriqueiras, como cuidar da integridade física do bem, responsabilidade de assessoria jurídica, entre outros aspectos”. 

Acompanhamento

Chaer acrescenta ainda que, mesmo com o contrato de gestão comercial com exclusividade, o contratado pode fazer parcerias e ter outros profissionais e imobiliárias oferecendo o imóvel, porém com uma coordenação do processo e com um especialista sempre acompanhando as visitas e tratativas.

“A vantagem para o dono do imóvel é um trabalho mais profissional. Além disso, quem é contratado investe mais em marketing digital, anúncios, assessoria jurídica, documental, entre outras, porque é o responsável para que a venda aconteça e têm o respaldo legal de que seu trabalho será reconhecido. Todo esse investimento com foco e estratégia, traz um resultado de venda mais rápido”, complementa.

Atualmente, existem mais de 43 mil corretores de imóveis registrados em Goiás, segundo dados do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Goiás (Creci-GO). O presidente do órgão, Eduardo Brito, lembra ainda que é importante que o consumidor, antes de fazer o contrato, conferir quem está sendo contratado para a venda do bem, que em muitos casos, é o único patrimônio da família.O sítio do Creci disponibiliza gratuitamente a certidão de regularidade para os profissionais e empresas. Por meio deste documento, é possível verificar se estão com inscrição regular e não têm pendências éticas junto ao Conselho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias