24°C 25°C
Salvador, BA
Publicidade

Recife registra maior aumento na compra e venda de imóveis em 2023

Na maior cidade do país, São Paulo, foi registrado o aumento de 2,7% nas transações de compra e venda em relação a 2022

18/03/2024 às 11h00
Por: Redação Fonte: Imobireport
Compartilhe:
Boa Viagem
Boa Viagem

O Registro de Imóveis do Brasil (RIB) apresentou um balanço das transações de compra e venda de imóveis no ano de 2023 em sete capitais e em municípios selecionados. Na maioria das cidades, houve queda no número de transações, como em Campo Grande (MS), Florianópolis (SC) e Fortaleza (CE). Já o maior crescimento foi observado em Recife, com aumento de 28,3% nas transferências totais, acumulando 17.795 registros, e 10.729 transações de compra e venda – 17,6% maior do que o ano anterior. Esse foi o melhor resultado da capital pernambucana desde o início da mensuração, em 2018.    

Na maior cidade do país, São Paulo, foi registrado o aumento de 2,7% nas transações de compra e venda em relação a 2022 (186.145 versus 181.335). Esse resultado é o segundo melhor da série histórica iniciada em 2012, atrás apenas de 2021, com 192.725 transações. O cenário, porém, é diferente quando se analisa o estado de São Paulo. Foram 781.341 movimentações de compra e venda, uma queda de 1,1% em relação ao ano anterior. Apesar disso, os números ainda estão acima das médias históricas, sendo o terceiro melhor resultado desde o início da mensuração – atrás de 2022 e de 2021, ano recorde para o estado.

Entre as mesorregiões de São Paulo, apenas apresentou crescimento: Piracicaba (+6,6%). Já o desempenho negativo pôde ser observado nas seguintes regiões: 

Araçatuba (-10,0%); 
Macro Metropolitana Paulista (-9,5%); 
Presidente Prudente (-8,6%); 
Ribeirão Preto (-8,6%); 
Campinas (-7,3%); 
Araraquara (-6,9%); 
Vale do Paraíba Paulista (-6,1%); 
São José do Rio Preto (- 6,0%); 
Itapetininga (-5,2%); 
Assis (-3,5%); 
Bauru (-2,3%); 
Metropolitana de São Paulo (-1,1%); 
Marília (-0,7%);  
Litoral Sul Paulista (-0,2%). 
Além disso, o estudo divulgou os principais bens imobiliários utilizados nas transações de compra e venda no estado de São Paulo em 2023: apartamentos (34,2%), terrenos (29,2%), prédios residenciais (12,2%), casas (9,7%), fazendas (2,4%), salas comerciais (1,2%), prédios comerciais (0,5%), lojas (0,2%), galpões (0,1%) e outros (10,3%). 

Quanto aos resultados da alienação fiduciária, foram registrados 207.204 processos em 2023 em todo o estado. Os dados foram muito próximos ao ano anterior, com variação de -0,01%. Já as execuções extrajudiciais iniciadas, na mesma base comparativa, alcançaram um aumento de 26,7%, com 25.728 registros. Por fim, foram 6.314 consolidações em 2023, um crescimento significativo de 136,9% frente a 2022. Apesar dos resultados negativos em relação a 2022, o estado de São Paulo permanece em um momento positivo para o mercado imobiliário, mantendo os altos índices observados desde 2021.

Capitais e cidades selecionadas

Outras cidades também apresentaram crescimento nas transações de compra e venda: 

Curitiba/PR (5,3%), Maringá/PR (3,6%) e Rio de Janeiro/RJ (2,3%). 
As demais capitais analisadas apresentaram quedas, com destaque para: 

Campo Grande/MS (-8,1%), Fortaleza/CE (-6,0%) e Florianópolis/SC (-4,7%). 


Entre as demais cidades analisadas, as principais baixas foram: 

Ribeirão Preto/SP (-14,9%), Londrina/PR (-9,3%) e Santos/SP (-9,0%). 


O Informe do Registro de Imóveis é o único indicador do mercado com números de transferências de propriedades imobiliárias totais e com segregação de operações de compra e venda. Os dados são enviados pelos Registros de Imóveis para produção dos indicadores e estatísticas, com metodologia desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O relatório completo pode ser acessado em: registrodeimoveis.org.br/portal-estatístico-registral.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias